Ads 468x60px

.

Pages

Como firmar o Anjo da Guarda-Método Simples

Pessoas que tem problemas espirituais,  que sofreram acidentes graves,  pessoas que ficam doente com frequência, que sofrem  com problemas financeiros, que sentem que estão sendo vítimas de obras de feitiçaria, que estão com dificuldade de arrumar  emprego, dificuldade em relacionamento, depressão, carregadas, enfim todos os sintomas de falta de proteção espiritual, o ritual de firmeza de Anjo de Guarda ajuda. Este ritual deve ser praticado também por pessoas que atendem ao público, porque ele limpa a áura e traz uma proteção enorme. Este ritual não interfere em nenhuma religião, em nenhum conjunto de crenças e valores espirituais, pelo contrário ele abre para uma espiritualidade muito mais forte dentro do próprio caminho seguido pela pessoa que o pratica.
Existem muitas formas de se ancorar o Anjo da Guarda, a maioria delas não passam de invencionices, formas criadas por pessoas, que muitas vezes misturam conceitos religiosos com misticos e no final transformam o ritual em uma verdadeira salada. Isso é ruim porque para quem estuda magia de forma séria sabe que quanto mais antigo for o ritual, quanto mais tradicional ele for, mais força ele carrega, portanto melhores serão  os resultados. Quanto mais moderno, quanto mais rebuscado, quanto mais cheio de coisas forem os rituais angelicais menos força eles carregam.  O Ritual de ancoragem de Anjo da Guarda mais poderoso de todos é descrito no livro SAG, Santo Anjo Guardião de Abramelin o Mago, porém dado as muitas dificuldades de se fazer este ritual, entre elas a abstinência sexual,  ele não é muito praticado. O  poderoso ritual do SAG dura vários  meses, e durante este prazo se  fazem necessários vários requisitos que o tornam quase que impraticável nos dias de hoje.
Este ritual que cito agora é sem dúvida o mais simples e forte dentre todos que existem, porque tem sua origem em raízes  ancestrais, e já foi praticado por milhares de pessoas no mundo inteiro, o que o torna extremamente poderoso e fácil.

                                                           Material

Uma vela branca de sete dias
um copo com água filtrada açucarada
Um protetor de vela, ou acender vela em local sem risco de incêndio(exceto banheiro), ou  dentro de um pote de metal, por exemplo.
                                                         Confecção do ritual
A vela de sete dias, que deve ser acesa com o plástico fino (de dentro) que a envolve, sob risco de uma vez acesa ela se desmanchar antes do tempo. O plástico justo que a envolve firma sua forma, e não se queima, pois o pavio queima somente no centro da vela.
Enquanto acende a vela oferece-la ao seu anjo da guarda fazendo uma oração da sua preferência, em quanto isso levar a vela acesa ao alto da cabeça e  tocar a cabeça com ela. Uma das orações mais usadas desde a antiguidade é o Pai Nosso.
Obs: Velas de sete dias devem ser acesas com proteção, pois podem tombar e acredite, lugares com energias negativas são altamente inflamáveis.
Obs: Sete dias é o prazo necessário para limpeza do chákra coronário e ancoragem do Anjo da Guarda.
Obs: Rituais antigos a egrégora é mais forte.
                                                           Periodicidade
Sempre que puder, não existe efeito negativo nesta prática, somente coisas boas acontecem. 
Relato: Eu particularmente nunca encontrei uma explicação sólida, do que é realmente o Anjo da Guarda, muitos falam em mentores, guias, outros ainda falam que é nossa parte divina, nossa parte mais elevada, outros ainda falam que somos nós na quinta dimensão, outros ainda falam que são seres iluminados enviados por Deus para nos proteger enfim são várias as definições, respeito a todas, o próprio Paulo Coelho em um dos seus livros relata que viu o Anjo da Guarda dele no deserto, eu acredito, pois podem acontecer estas manifestações. Eu comumente sinto muito forte meu chákra coronário, e as vezes vejo uma névoa branca luminosa perto de mim, portanto eu particularmente acredito que seja um outro ser, diferente de espíritos.

Márcio


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...