Ads 468x60px

.

Pages

Limpeza Epiritual- Chama Violeta

Para a Sociedade Teosófica, Saint Germain é o "Mestre Ascenso do Sétimo Raio", que emana a chama violeta, e que seria a mais poderosa força espiritual atualmente presente no planeta, uma energia de desobstrução, um fogo sagrado e luz de intenso brilho que produz a queima dos carmas.

Atualmente estaríamos entrando na sétima era, a Era de Aquarius. Saint Germain seria o Senhor, Mestre e Chohan (Regente) do Sétimo Raio de Luz Cósmica, que é o raio violeta da purificação, transformação e liberdade, que atua de forma dinâmica através de sua manifestação como chama.

Como possibilitaria a redenção pessoal através da dissolução e incineração cármica, a chama violeta é também a chama da misericórdia, uma vez que é um instrumento que possibilitaria a melhora pessoal e ascensão espiritual, instrumento criado e outorgado pelo Divino, pelo emanador dos raios cósmicos O Grande Sol Central.      
                                                     Decreto da Chama Violeta
                          


             EU SOU um ser de Fogo Violeta
      EU SOU a Pureza que DEUS deseja


Obs: Existem vários decretos da chama violeta, porém posto este porque tem um significado muito importante para mim, tanto na limpeza, quanto na proteção. Uso este decreto desde meus vinte poucos anos, quando adquiri um livreto sobre a chama violeta. Muitos autores dizem que é necessário faze-lo em múltiplos de três, porém a minha experiência com ele me mostra o contrário, funciona de qualquer jeito. Já usei em várias situações, principalmente antes de dormir, fora de casa. Sempre que viajo de carro visualizo minha áura toda violeta, inundando totalmente o local em que estou, formando uma cúpula protetora. 
Pode ser feito por qualquer pessoa, de qualquer idade, raça ou credo.
Pode ser feito de qualquer jeito, sentado, deitado, em pé, andando, enfim de qualquer jeito.
Pode ser mentalizado, ou verbalizado,
Pode ser feito em qualquer horário.
Violeta é a somatória de todos os outros raios, por isso pode ser feito em conjunto com qualquer um deles.
A chama violeta não provoca saturação energética.
A chama violeta não tem efeitos colaterais.

                                                       A chama do Perdão
A Chama Violeta é a luz da queima de carmas, é a  chama do perdão. Por isso é interessante entendermos que o perdão deve fazer parte de nossas vidas, e é necessário entendermos que perdão significa trabalhar em pró do coletivo. Não existe perdão sem arrependimento, não existe perdão sem coletividade! Auxílio faz parte, é componente da chama violeta! A lei da transmutação é a chama violeta, onde temos uma melhoria contínua, inclusive nos níveis materiais. Quem pensa que a chama violeta só atua no espiritual, está errado, pois atua fortemente nos níveis físicos, alavancando grandes aquisições de bens materiais, grandes trabalhos artísticos, e grandes poderes misticos.
            Sugestão de técnica

Imaginar a chama violeta tomando conta do  corpo, inundando todo o ambiente em que se está. 
Imaginar que o corpo irradia luz violeta por todos os poros. Entoar o decreto calmamente, suavemente, enquanto faz a visualização, Pode ser feito de olhos abertos, ou fechados tanto faz. 









Relato: Estou aqui agora as 20:00 horas do dia 31 de Dezembro de 2015, escrevendo este post, minha cabeça pesou, meu corpo doeu, senti uma enorme vontade de não escrever isso, senti uma enorme vontade de deitar... Isso só me mostra uma coisa: A chama violeta tem poder espiritual para limpar e proteger, se assim não fosse eu não estaria sendo  tão atacado...  

Proteção Espiritual- Mantra OM


O mantra OM é sem dúvida o mais fácil e mais poderoso dentre todos. Ele ativa os chákras, limpa a áura aumentando sua dimensão, promove uma assimilação energética positiva, entre outros benefícios. Pode ser executado por qualquer pessoa, sem restrição, pois é um dos únicos que não tem contra indicação alguma. Um ótimo método de proteção é entoa-lo em algum chákra, provocando uma intensa vibração no local. Geralmente o mantra OM é utilizado no chákra frontal, ou cardíaco, pois são os principais chákras, e que controlam a todos os demais. O chákra frontal, ou Ajana chákra é o chákra do poder mental, ele é o mais utilizado para vibrar o mantra OM. Particularmente é o que eu uso também. Além de imprimir uma vibração positiva aos corpos espirituais, ele tira o corpo astral das camadas inferiores, o que se constitui em uma maravilhosa técnica de proteção espiritual! Quando estamos deprimidos, alcolizados, tristes, problemáticos, entre outros, vibramos com o Umbral. A entoação do mantra OM aumenta a capacidade vibracional dos chákras, faz o corpo astral vibrar mais aceleradamente, o que ajuda muito a sairmos das zonas tenebrosas do astral, com isso reduzimos muito o assédio espiritual.

Ouroboros



               O Ouroboros
É a representação gráfica de uma serpente ou um dragão, em forma circular, engolindo a própria cauda. Este símbolo é encontrado na antiga literatura esotérica (alguma vezes, associado à frase Hen to pan – O Todo ou O um) e em diversas tradições ocultistas e escolas iniciáticas em forma de amuleto.
A origem etimológica do termo Ouroboros está, supostamente, na linguagem copta e no idioma hebreu, na qual ouro, em copta, significa Rei, e ob em hebreu, significa serpente. Mas, precisar sua origem e significado primitivo, torna-se uma tarefa praticamente impossível. Mesmo que de certa forma estejam interligados mas, paralelamente, trazem interpretações distintas.
Os primeiros registros deste arquétipo foram encontrados entre os egípcios, chineses e povos do norte europeu (associado a serpente folclórica Jörmungandr) há mais de 3000 anos. Na civilização egípcia, é uma representação da ressurreição da divindade egípcia Rá, sob a forma do Sol. Também é encontrado entre os fenícios e gregos.

Símbolos & Signos
Entre tantos símbolos relacionados, o Ouroboros é um dos que apresenta maior hipótese de significados. Isto porque há outras representações iconográficas contidas e associadas ao próprio Ouroboros.
A serpente, que nos textos canônicos está associada às aspectos maléficos, como no livro Gênesis 3:13, (Perguntou o Senhor Deus à mulher: Que é isto que fizeste? Respondeu a mulher: A Serpente enganou-me, e eu comi.), na maior parte das culturas pré-cristãs, é um símbolo de sabedoria. Partindo do princípio que o Ouroboros é um símbolo pré-cristão, pode-se supor que este conceito de sabedoria é predominante.
Mas, pode-se também interpretar que o ato de engolir a si mesma, é uma interrupção do ciclo humano em uma busca evolutiva do espírito noutros planos. Por outro lado, pode significar a auto-destruição através do ato de consumir a própria carne e até mesmo a auto-fecundação. Ainda, o fato de encontrar-se na forma circular é um arquétipo representativo de movimentos ininterruptos e pode representar também o Universo. Além da interpretação de que a serpente atua nas esferas inferiores (Inferno), enquanto o círculo representa o Reino Divino. Em outras situações, o animal tem duas cores distintas. Neste caso, provavelmente, uma referência a Yin e Yang, ou pólos masculino e feminino, dia e noite, bem e mal, e outros paradoxos da natureza.

Sob uma perspectiva alquímica, o Ouroboros é representado na figura de dois animais míticos engolindo um a cauda do outro; não sendo, neste caso, necessariamente, uma serpente. Segundo o Uractes Chymisches Werk (Leipzig – 1760), "alimenta este fogo com fogo, até que se extinga e obterás a coisa mais estável que penetras todas as coisas, e um verme devorou o outro, e emerge esta imagem". Esta descrição alquímica é uma alusão ao processo de separação do material em dois elementos distintos.

Porém, de uma forma mais ampla, o Ouroboros é uma representação dos ciclos reencarnatórios da alma humana. Ainda, segundo o Dictionnaire des Symboles, simboliza o "ciclo da evolução fechado sobre si mesmo. O símbolo contém as idéias de movimento, continuidade, autofecundação e, em conseqüência, o eterno retorno". Na obra Magic Symbols de Frederick Goodman é citado "serpente... o símbolo da sabedoria dos verdadeiros filósofos" e "O Tempo, do qual apenas a sabedoria brota".
Atualmente, o Ouroboros é comumente encontrado em amuletos esotéricos, na simbologia maçônica e na teosofia. Porém, também está presente no selo dos Estados Unidos da América, posicionado acima da águia bicéfala. Ainda, é muito comum encontrá-lo em monumentos funerários, fazendo alusão, mais uma vez, aos ciclos da vida.


Fonte; Clã de Magos e Feiticeiras
https://www.facebook.com/groups/1086821937996903/1109117659100664/?notif_t=group_activity
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...